Aposentado que cultiva hortas em terrenos baldios de Irati colhe batata doce de 10 kg


Vilmar de Almeida ajuda vizinhos voluntariamente a montar hortas na cidade; ‘Eu tenho ela como um troféu’, disse. Você já viu batata doce com quase dez quilos?
O aposentado Vilmar de Almeida, que mora em Irati, na região central do Paraná, se surpreendeu ao colher uma batata doce gigante, de 10 quilos. Ele conta que dedica o tempo disponível para ajudar vizinhos que têm terrenos baldios a montar e cuidar de hortas nos locais.
Almeida disse que pretende dividir a batata doce colhida com os vizinhos e afirmou estar orgulhoso pelo cultivo.
“Eu tenho ela como um troféu, do que eu fiz. Todos esses terrenos que eu plantei, eu tenho como um troféu. Ela veio para mostrar como ela produz mesmo, sabendo zelar, sabendo cuidar”, disse.
O Agrônomo João Luiz Dremiski explica que “é uma combinação de uma muda sadia com uma terra muito fértil, onde foi utilizado adubo orgânico, que é resultado de decomposição damatéria orgânica, palhas e esterco curtido que ele usa nessa terra”.
O clima e a dedicação do aposentado no cuidado com as mudas também foram importantes para o desenvolvimento da batata gigante, de acordo com o especialista. Assista, na reportagem acima.
Aposentado que cultiva hortas em terrenos baldios de Irati colhe batata doce de 10 kg
Reprodução/RPC
Mamão gigante
Agricultora colhe mamão com 12 quilos
Em Iretama, na região centro-oeste do Paraná, a produtora Zenaide Benedito Grolla também teve uma surpresa na colheita. Ela colheu um mamão com 12 quilos na propriedade onde mora.
O pé da fruta foi plantado com uma semente que a moradora ganhou de uma amiga. Segundo ela, a semente foi trazida do México. Assista, no vídeo acima.
Veja mais notícias na página do Caminhos do Campo.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.