Aneel aprova reajuste médio de 18,54% para tarifas de energia de Goiás

Novas tarifas podem ser aplicadas pela Enel a partir do dia 22 de outubro. Alta da tarifa média para consumidores residenciais e comerciais será de 15,31%. As tarifas de energia dos consumidores atendidos pela Enel Distribuição Goiás, antiga Gelg, terão um reajuste médio de 18,54% a partir do dia 22 de outubro. A revisão tarifária da empresa foi aprovada nesta terça-feira (16) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
A Enel é responsável pelo fornecimento de energia elétrica de 237 municípios de Goiás e atende 2,8 milhões de clientes residenciais, comerciais, industriais e públicos.
O reajuste médio para os clientes industriais – atendidos em alta tensão – será de 26,52%. Para os consumidores residenciais e comerciais – atendidos em baixa tensão – o reajuste médio será de 15,31%.
Segundo a Aneel, entre os itens que mais pesaram na alta da tarifa estão os custos com encargos setoriais, como a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que respondeu por uma alta de 3,05% na conta, e a alta no custo de compra de energia, que impactou o reajuste em 7%.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.