Aneel aprova reajuste de 12,64% para energia elétrica no Piauí

Aumento será aplicado pela empresa Cepisa, que atende o estado. A Cepisa foi a primeira distribuidora da Eletrobras vendida no pacote preparado pelo governo federal. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (27) um reajuste médio de 12,64% para as tarifas de energia da Companhia de Energia do Piauí (Cepisa). A Cepisa foi a primeira distribuidora da Eletrobras a ser vendida. Em julho, a Equatorial venceu o leilão e assumiu o comando da empresa.
Segundo o diretor da Aneel Rodrigo Limp, o reajuste seria maior se a Equatorial não tivesse ofertado 100% de desconto tarifário no leilão de julho. Sem o deságio, o reajuste médio da Cepisa seria de 20,64%.
A tarifa da Cepisa foi flexibilizada há cerca de dois anos em 8,52% para corrigir problemas de custos na concessão. Ao arrematá-la, a Equatorial abriu mão desse “reajuste”. Pelas regras do leilão, seria declarada vencedora a empresa que ofertasse o maior desconto da tarifa de energia em cima desse reajuste extraordinário de 8,52%.
O reajuste aprovado nesta terça-feira será aplicado a partir do dia 2 de dezembro. Para os consumidores residenciais e comerciais, atendidos em baixa tensão, o reajuste médio será de 12,40%. Já para os consumidores industriais, atendidos em alta tensão, o reajuste médio será de 13,61%.

https://g1.globo.com/economia

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.