Sitiante leva multa de mais de R$ 20 mil por derrubada irregular de árvores em Alfredo Marcondes


Uma denúncia levou a Polícia Militar Ambiental até a propriedade. O infrator, de 78 anos, alegou que não sabia da necessidade de pedir autorização para suprimir as espécies. Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Um sitiante de 78 anos foi multado em mais de R$ 20 mil pelo corte irregular de árvores em sua propriedade rural, em Alfredo Marcondes (SP), nesta quinta-feira (26), pela Polícia Militar Ambiental.
Uma equipe foi até uma propriedade rural, às margens da Rodovia Júlio Budiski (SP-501), pois havia uma denúncia de corte de árvores isoladas.
No local, o proprietário foi contatado e informado sobre o teor da denúncia.
O sitiante autorizou a entrada da equipe em sua propriedade e acompanhou a realização da vistoria ambiental, que constatou a supressão de 67 árvores das espécies ipê, amendoim-bravo, farinha-seca e leiteiro.
Questionado, o homem disse desconhecer a necessidade de solicitar autorização para a supressão da vegetação.
Foi lavrado em desfavor do idoso um auto de infração ambiental com sanção de multa simples no valor de R$ 20.100, baseado no artigo 53, da Resolução SMA 48/2014, “por explorar qualquer tipo de vegetação nativa, mediante corte isolado fora de área de reserva legal averbada”.
Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Supressão de árvores foi constatada em propriedade rural em Alfredo Marcondes
Polícia Ambiental
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.