Pernambuco confirma 22 casos do novo coronavírus, suspende cirurgias marcadas e reativa dois hospitais


Boletim e novas medidas foram anunciadas, nesta quarta (18). Com ações, governo espera abir 400 novos leitos em UTI e 600 vagas de retaguarda, em todo o estado. Governo de Pernambuco e prefeitura do Recife divulgaram novo boletim do novo coronavírus, confirmando 22 casos, e anunciaram medidas para receber pacientes
Pedro Alves/G1
O governo de Pernambuco confirmou, nesta quarta-feira (18), 22 casos de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. São três a mais do que no boletim divulgado na terça (17). Além disso, o estado anunciou que vai reativar dois hospitais particulares para receber os pacientes. Outra medida é o cancelamento de cirurgias que já estavam marcadas, a partir de sexta-feira (20).
Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus
Coronavírus: confira perguntas e respostas
Saiba como estão os serviços no estado
As informações foram divulgadas durante coletiva de imprensa realizada no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife.
De acordo com o governador Paulo Câmara (PSB), a requisição para usar hospitais particulares possibilitará a abertura de 400 novos leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e 600 vagas de leitos de retaguarda, em todo o estado.
“Vamos fazer requisições administrativas do Hospital Nossa Senhora das Graças, em Boa Viagem (Zona Sul do Recife), e o antigo hospital Unicordis, no Torreão (na Zona Norte da capital). Eles estão desativados e o estado vai fazer requisição exclusivamente para pacientes com sintomas ou que estejam com a Covid-19. O aumento dos leitos também vai ocorrer em Caruaru, Serra Talhada, Araripina e Petrolina”, declarou Câmara.
Ainda segundo o governo, uma central de teleatendimento será montada para orientar, remotamente, os pacientes que estiverem com sintomas da doença.
“São 150 posições para orientar a população com a triagem de casos, dependendo do caso e da orientação do profissional, sobre o repouso em casa ou, se necessário, a procura por uma unidade de saúde. Nossa intenção é liberar o maior número possível de leitos para os pacientes infectados com o coronavírus”, disse o governador.
Sobre o cancelamento das cirurgias, o governador disse que a meta é garantir espaço para os pacientes com a doença. “Vamos liberar o maior número possível de leitos para tratamento de pacientes infectados com coronavírus”, afirmou.
Boletim
De acordo com o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, houve, desde o dia 25 de fevereiro, 485 notificações. Há três casos prováveis, de pessoas que tiveram contato com pessoas infectadas, por exemplo, e 96 descartes.
“A maioria de notificações é de pessoas de faixa etária entre 20 e 59 anos, mas temos também 26 pacientes entre 60 e 69 anos, 11, entre 70 e 79 anos, e três casos com mais de 80 anos. Os três novos casos confirmados são de pessoas que moram no Recife e não têm histórico de vigem. São casos que configuram, assim, transmissão local”, afirmou o secretário.
Casos de transmissão local são os de pessoas que, mesmo não tendo viajado para locais com confirmação da doença, tiveram contato com quem viajou. É quando ainda há possibilidade de descobrir quem foi o transmissor. Transmissão comunitária, por sua vez, é quando não há certeza sobre de onde veio a contaminação.
O secretário de Saúde justificou que é preciso priorizar o atendimento, diante da quantidade de casos notificados.
“O Laboratório Central tem que se dedicar a fazer testagem da Influenza-A, para saber se os pacientes que requereram atenção hospitalar devem utilizar ou não a medicação adequada para a influenza. O diagnóstico da Covid-19 não muda em nada o tratamento, mas em casos da H1N1, precisamos saber se a pessoa continua com a medicação, por isso a testagem para ela é até mais importante”, afirmou André Longo.
Impactos
Nesta quarta, o Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambuco (Cremepe) anunciou uma série de medidas para contenção do avanço do Covid-19, infecção causada pelo novo coronavírus.
Entre elas, está a recomendação para a suspensão de cirurgias eletivas e visitas hospitalares. Segundo a entidade, fica suspenso o expediente dos profissionais com mais de 70 anos, a partir da segunda-feira (23)
Também nesta quarta, a Fundação Altino Ventura informou que ficam suspensas as atividades nas unidades localizadas no Recife (nos bairros da Boa Vista e da Iputinga); de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana; de Serra Talhada e Salgueiro, no Sertão de Pernambuco.
Dicas de prevenção contra o coronavírus
Arte/G1
Em todas elas, a pausa no atendimento começa a partir das 16h da sexta-feira (20), com exceção da unidade em Salgueiro, onde a suspensão começa no mesmo horário do dia anterior, a quinta-feira (19).
A medida é válida “inicialmente por 20 dias, podendo esse prazo ser estendido após futuras avaliações”, afirmou a FAV em nota. Ainda no texto, a fundação informou que “o serviço de urgência oftalmológica 24 horas, bem como as cirurgias de urgência, continuam funcionando normalmente”.
O Hospital de Olhos de Pernambuco (Hope) também suspendeu temporariamente os atendimentos eletivos, incluindo consultas, exames e cirurgias em todas as unidades, localizadas em shoppings e no bairro da Ilha do Leite, na área central do Recife. A medida é válida a partir de sexta-feira (20).
Igreja
A Arquidiocese de Olinda e Recife divulgou determinações de enfrentamento ao novo coronavírus endereçadas a religiosos e fiéis. De acordo com a Igreja, estão canceladas todas as cerimônias com a participação de público, a partir desta quarta (18). Além disso os católicos terão missas celebradas pela internet e devem transferir casamentos e batizados para “um tempo oportuno”.
Detran
O Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) anunciou medidas para enfrentar a pandemia do novo coronavírus. Alguns serviços tiveram redução de até 50% no atendimento, como a captura de imagem para a carteira de motorista e emissão do documento do veículo. O órgão também prorrogou, por 15 dias, a data de vencimento de multas locais.
Trabalho
As três maiores Agências do Trabalho de Pernambuco passaram a atender ao público em horário reduzido, nesta quarta-feira (18), segundo a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação (Seteq). As unidades da Rua da Aurora, no Recife, e as de Caruaru, no Agreste, e de Petrolina, no Sertão, abrem das 9h às 12h por tempo indeterminado. As outras seguem os horários habituais.
Por causa dos números, o governo estadual suspendeu aulas em instituições públicas e privadas, além de fechar cinemas, museus e equipamentos culturais.
Supermercados
Diante da pandemia do novo coronavírus, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico, garantiu, nesta quarta-feira (18), que não há, neste momento, risco de desabastecimento em supermercados e mercadinhos do estado.
A afirmação foi feita após reunião com representantes da Associação Pernambucana de Supermercados (Apes), na sede da secretaria, no Centro do Recife.
Initial plugin text

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.