Casal gay de pinguins tenta adotar filhote abandonado pelos pais


A trama familiar aconteceu no zoológico da Dinamarca, quando os pais de um bebê pinguim o deixaram sozinho por alguns instantes. Pais e casal que adotou filhote brigam em zoológico da Dinamarca
Zoológico de Odense
Um zoológico da Dinamarca foi palco de um drama familiar.
Os envolvidos na trama são um casal de pinguins gays, um bebê pinguim e seus pais, acusados de abandoná-lo.
A história aconteceu na cidade de Odense, no sudeste do país, onde uma cuidadora do zoológico teve de intervir para evitar que algum dos envolvidos saísse machucado.
Tudo começou na terça-feira (25), quando um casal gay de pinguins adotou um filhote diante do descuido dos pais.
“Acredito que a fêmea tenha saído para tomar banho, então, seria a vez do macho tomar conta da cria”, disse a cuidadora Sandie Hedegard à cadeia de televisão dinamarquesa DR.
Hedegard conta que, dada a distração do pai, o casal de pinguins gays decidiu levar o filhote.
“Esperava que os pais chegassem e exigissem seu filho de volta”, diz a cuidadora. “Mas o macho vagava como se não tivesse um filho, ainda que a fêmea parecesse procurá-lo um pouco.”
No dia seguinte, os pais finalmente reagiram e resgataram o bebê.
Um vídeo gravado por Hedegard mostra o momento em que os pais enfrentam o outro casal para recuperar o filhote.
Nas imagens, os pinguins grasnam e agitam os corpos enquanto o casal gay parece esconder o recém-adotado.
Tudo isso acontece enquanto outros pinguins observam a cena.
Depois de alguns instantes, Hedegard intervém e pega o filhote para devolvê-lo a seus pais.
Para compensar a perda do casal gay, Hedegard pegou o ovo de uma pinguim fêmea que não era capaz de chocá-lo e entregou-o aos de machos para que eles se tornassem seus pais adotivos.
Por enquanto, a calma voltou ao zoológico de Odense.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.