TJ-SP adotará trabalho remoto parcial após a pandemia


Economia projetada com a medida para o TJ-SP é de R$ 800 milhões por ano O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) vai incorporar, de forma híbrida, o trabalho remoto imposto pela pandemia na rotina de quase 3 mil juízes e 55 mil servidores e terceirizados, depois que a população do Estado estiver imunizada contra o coronavírus. A economia com a medida será de R$ 800 milhões por ano, segundo projeções do tribunal.
Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.