Rafael Silva, o 'Baby', avança às quartas de final no judô

Brasileiro derrotou Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, ao aplicar um ippon após 1 minuto e 43 segundos de tempo extra O judoca brasileiro Rafael Silva, o Baby, avançou às quartas de final dos pesados pesados, categoria acima de 100 kg, nas Olimpíadas de Tóquio-2020, nesta sexta-feira (30).

Ele derrotou Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, ao aplicar um ippon após 1 minuto e 43 segundos de tempo extra. O golpe saiu quando o duas vezes medalhista de bronze vivia um momento complicado na luta, com duas punições. Agora ele enfrentará Guram Tushishvili, da Geórgia.

O bicampeão olímpico Teddy Riner também está nas quartas de final, após derrotar o austríaco Stephan Hegyi por ippon e o israelense Or Sasson por wazari. O próximo adversário será o russo Tamerlan Bashaev.

Um dos maiores nomes da história do esporte, Riner passou 154 lutas invicto. Foram dez anos sem perder. Mas, em 2020, foi derrotado duas vezes. Em fevereiro, o francês caiu diante do japonês Kokoro Kageura no Grand Slam de Paris. Em outubro, perdeu para o compatriota Omais Joseph Terhec em um torneio nacional.

O Brasil tem chances de medalha também com Maria Suelen Altheman, que estreia nas oitavas de final. O bloco das medalhas será disputado a partir das 5h.

Deixe um comentário

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.