IA e analytics ajudam hospitais na crise da covid-19

Sírio Libanês e Hospital Israelita Albert Einstein investem na qualificação de novas competências de seus profissionais para criar novas soluções com uso intensivo de tecnologia Antes da pandemia chegar ao Brasil, o Hospital Israelita Albert Einstein desenhou modelos preditivos de reação baseados na demanda por internações em outros países. Com inteligência artificial e machine learning, o hospital prevê, logo na triagem, se um paciente irá precisar de internação — e os indicadores gerados com a inserção de novos dados em tempo real vão prevendo a ocupação dos leitos nas próximas 24 horas. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.