Aras apura Mendonça por uso da Lei de Segurança para investigar opositores de Bolsonaro


Procuradoria-Geral da República analisará se tem elementos suficientes para tornar o atual advogado-geral da União formalmente investigado O procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu um procedimento preliminar para apurar a conduta de André Mendonça por ter usado a Lei de Segurança Nacional quando era ministro da Justiça para investigar opositores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).
Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.

Deixe uma resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.